O novo modelo de Fórmula 1 será conduzido por Lewis Hamilton e por Valtteri Bottas, contratado para substituir o campeão Nico Rosberg.

Com a responsabilidade de defender o título mundial de F1 de construtores e obtido individualmente por Nico Rosberg, que o disputou de forma acesa até à última corrida com o seu colega de equipa Lewis Hamilton, o Mercedes-AMG F1 W08 foi hoje apresentado em Silverstone. O novo modelo híbrido, que será conduzido por Hamilton (que vai para a sua quinta temporada ao serviço da equipa) e pelo ex-Williams Valtteri Bottas, foi concebido de acordo com as novas regras. Tal como sucede com os restantes carros em competição em 2017, o novo Mercedes é mais largo, mais baixo e tem um aspeto mais agressivo face ao antecessor, com pneus mais largos. Face aos concorrentes, nota-se que o F1 W08 é o carro que tem menos evidente a barbatana de tubarão e que é o mais estreito atrás, com um corte evidente atrás dos pontões, que lhe confere uma melhoria do ponto de vista aerodinâmico. A decoração é semelhante à do modelo do ano transato.

O sistema híbrido foi melhorado face ao de 2016, mantendo uma configuração com base num 1.6 turbo V6 a funcionar em conjunto com um motor elétrico.

A Mercedes aproveitou esta ocasião para apresentar a sua nova submarca dedicada a modelos “eletrificados”, a EQ. No caso dos AMG híbridos ou elétricos, existirá um logótipo Power+.

O campeonato arranca daqui a sensivelmente um mês, a 26 de março, na Austrália. Contudo, já na próxima semana o modelo estará em testes em Barcelona.

Saiba mais sobre os novos F1 na próxima edição do Autohoje.

Assine Já

Edição nº 1454
Já nas bancas

Digital Papel

Top

Os mais recentes