No Rali da Acrópole, a contar para o europeu de ralis, disputado este fim de semana, o piloto luso da Skoda ficou em segundo lugar.

Considerado um dos ralis mais duros do mundo, o Rali da Acrópole disputou-se este fim de semana e o líder do ERC Bruno Magalhães conseguiu um segundo lugar. Aos comandos de um Skoda Fabia R5 da ARC Sport, o piloto luso ficou a 2.58,7s do polaco Kajetan Kajetanowicz (Ford Fiesta R5), que venceu de forma confortável. A fechar o pódio ficou Grzegorz Grzyb (Skoda). Este resultado permitiu a Bruno Magalhães manter a liderança do europeu de ralis, agora com 93 pontos, mais 21 que Kajetanowicz, após três provas disputadas.

Bruno Magalhães voltará a correr no Rali do Chipre que se disputará dentro de duas semanas.

Classificação final:

1º Kajetan Kajetanowicz/Jaroslaw Baran (Ford Fiesta R5) 2:49.40,6

2º Bruno Magalhães/Hugo Magalhães (Skoda Fabia R5) +2.58,7s

3º Grzegorz Grzyb/Jakub Wróbel (Skoda Fabia R5) +6.05,3s

4º Alexandros Tsouloftas/Denis Giraudet (Citroen DS3 R5) +8.48,3s

5º Socratis Tsolakidis/Haris Dimos (Skoda Fabia R5) +16.49,2s

6º Zelindo Melegari/Maurizio Barone (Mitshubishi Evo IX) +21.05,6s (1º ERC2)

7º Vassilis Drymoussis/Panayiotis Drymoussis (Subaru Impreza STI) +25.43.5s

8º Bugra Banaz/Burak Erdener (Ford Fiesta R2T) +26.06.0s (1º ERC3)

9º Umit Ozdemir/Batuhan Memisyazici (Ford Fiesta R2T) +27.45.4s (2º ERC3)

10º Tibor Érdi/Gyorgy Papp (Mitshubishi Evo X) +30.11.2s (2º ERC2)

Assine Já

Edição nº 1460
Já nas bancas

Digital Papel

Top

Os mais recentes