As emoções do campeonato estão de volta a 8 e 9 de setembro. Ricardo Porém parte na frente classificação e está confiante no regresso às vitórias. Confira os inscritos.

A Baja Idanha-a-Nova, prova que marca a rentrée do campeonato nacional de todo o terreno, depois de três meses de paragem. A prova disputar-se-á a 8 e 9 de setembro (próxima sexta-feira e sábado) entre Idanha-a-Nova, Oleiros, Proença-a-Nova e Sertã, contando para com mais de 160 inscritos entre automóveis, motos, quads e SSV.

A quarta jornada do “nacional” assumirá um formato semelhante ao das temporadas anteriores da prova organizada pela Escuderia de Castelo Branco, tendo como centro nevrálgico a vila de Idanha-a-Nova, junto ao Santuário de Nossa Senhora do Almortão. Nos automóveis, a ação arranca às 17h10 de sexta feira com o prólogo, um duplo percurso de 6,81 km. No dia seguinte, há dois troços (um de manhã e outro à tarde), para um total de 330,65 km de percursos cronometrados.

Forçado a abandonar na última prova, a Baja TT do Pinhal, o líder do campeonato, Ricardo Porém (da South Racing), parte confiante para regressar às vitórias. O piloto, que estará aos comandos de uma Ford Ranger, dá o mote: “A nossa intenção é atacar desde o início para podermos cumprir os nossos objetivos. Por norma esta prova apresenta pistas interessantes e rápidas, mas o calor será sem dúvida um handicap. Apesar de não fazer esta corrida desde 2015, penso que posso fazer um bom resultado e estou preparado para discutir a vitória”. Porém acredita que este triunfo lhe permitirá distanciar-se do segundo classificado, Alejandro Dias (vencedor na prova anterior), atualmente com menos 11 pontos.

Assine Já

Edição nº 1460
Já nas bancas

Digital Papel

Top

Os mais recentes