Marcus Gronholm não vai regressar ao rali do Japão, uma vez que os danos no “roll bar” do Ford Focus, não permitem a sua reparação no local.

Marcus Gronholm

Marcus Gronholm, o actual líder do Mundial de ralis, não vai continuar na prova Japonesa devido a um saída de estrada, que lhe danificou o arco de segurança do Ford Focus.

Foi durante a quarta prova especial de classificação, numa altura em que o finlandês tinha acabado de assumir a liderança da prova.
“O acidente aconteceu numa curva feita em terceira velocidade, num ponto da classificativa onde eu tinha mudado as minhas notas durante os treinos, esta zona do troço estava mais rápida do que no ano passado, porque algumas árvores tinham sido cortadas. Quando cheguei a esse local, o carro escorregou demais e a roda traseira direita, atingiu alguma vegetação, que fizeram com que o carro resvalasse por um combro, onde acertei num cepo de árvore. O impacto causou sérios danos na minha porta, e afectou o arco de segurança do Ford Focus.” Referiu Marcus Gronholm sobre o seu acidente.

Quando chegou a assistência, e após uma longa verificação do carro, os delegados da FIA, não consideraram haver segurança suficiente no arco de segurança para que o piloto da Ford continuasse em prova, remetendo o finlandês a espectador durante o resto do evento.

“O título ainda está em aberto, seja qual for o resultado deste rali, mas claro que um abandono não abona em meu favor. O acidente foi em tudo semelhante ao que tive no ano passado durante o rali da Austrália. Esse acidente custou-me o campeonato, espero que este não me faça perder este ano de novo.” Concluiu o finlandês.

Assine Já

Edição nº 1460
Já nas bancas

Digital Papel

Top

Os mais recentes