Chegaram a bom termo as negociações financeiras entre o Turismo Douro/Norte, Câmara Municipal de Vila Real e o Eurosport, para que a cidade transmontana receba já em 2015 e nos dois anos seguintes (2016 e 2017) o WTCC.

A questão financeira esteve no cerne da questão porque muito embora haja interesse nacional, no qual a Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting, através do seu presidente, Manuel Mello Breyner, teve uma intervenção fulcral, do lado do Eurosport também há interesse em que o campeonato tenha público e seja corrido em circuitos que produzam espetáculo. É o que sucede com Vila Real, que desde que foi reativado para as corridas do Nacional de velocidade teve sempre uma grande moldura humana a presenciar as provas.

Todavia, para que o WTCC possa ter os seus carros a correr em Trás-os-Montes é preciso que sejam ainda efetuadas algumas obras, já previstas, de resto, no “paddock”. A prova terá lugar de 10 a 12 de julho, ficando agora apenas a faltar a confirmação do calendário por parte da FIA, o que sucederá na próxima semana, no Conselho Mundial que terá lugar no Qatar. 

Assine Já

Edição nº 1433
Já nas bancas

Digital Papel

Top

Os mais recentes