Com o antigo piloto de F1, Juan Pablo Montoya, ao volante, foi batido o novo recorde de aceleração.

A Bugatti anunciou um novo recorde de aceleração 0-400 km/h e depois travar por completo para modelos de série. Com Juan Pablo Montoya, atual piloto de Fórmula Indy (e anterior piloto de F1) ao volante do supercarro de 1500 cv Chiron, essa aceleração e travagem foi cumprida em recordistas 41,96 segundos numa distância de 3,112 km. Até aos 400 km/h, o piloto profissional precisou de apenas 32,6 segundos e de 2621 metros. O resto foi feito com a ajuda dos travões com discos em carbono, pistões em titânio e asa traseira.

Em agosto, apenas com um contacto com o carro durante dois dias, o colombiano conseguiu ainda atingir um recorde pessoal de velocidade máxima de 420 km/h, mais 13 km/h que num modelo de Indycar.

Este primeiro recorde do Chiron pertence a um plano dos responsáveis da Bugatti para alcançar o título oficial do carro de série que com velocidade máxima mais elevada, a bater em 2018. O recorde atual, pertence ao Bugatti Veyron 16.4 Super Sport e foi registado em 2010 (com 431 km/h). Montoya voltará a ser homem atrás do volante na tentativa de bater este novo recorde.

Esta semana, a Bugatti apresentará uma edição especial do Chiron.

Assine Já

Edição nº 1460
Já nas bancas

Digital Papel

Top

Os mais recentes